Notícia

07/11/2018

Supermercados gaúchos projetam crescimento de 3,6%

Com o cenário eleitoral definido e a expectativa de que R$ 13,7 bilhões sejam injetados na economia do RS a partir do pagamento do 13º salário, os supermercados gaúchos já iniciaram a preparação de suas lojas para a chegada daquele que tradicionalmente é o melhor período de vendas do ano, as festas de Natal e Ano-Novo.

 

 

 Para entender as expectativas de vendas dos supermercadistas e a intenção de compras dos gaúchos para as festividades, a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) encomendou estudo ao Instituto Segmento Pesquisas, que ouviu 20 empresários do setor e 200 consumidores de ambos os sexos, e de diferentes classes sociais e faixas etárias em todo o RS.

 

 

Os resultados do levantamento, divulgado nesta terça-feira, 6, pelo presidente da Agas, Antônio Cesa Longo, mostram que 92,3% dos consumidores gaúchos pretendem realizar compras em supermercados para as festas de fim de ano, o que impulsiona uma projeção otimista de crescimento de 3,6% nas vendas do setor, na comparação com o Natal e Ano-Novo de 2017. Segundo Longo, os caixas dos supermercados deverão absorver cerca de 20% (ou R$ 2,7 bilhões) do 13º dos gaúchos, sobretudo em compras de itens típicos para as festas, como aves natalinas, bombons, espumantes, lentilha, bebidas e presentes.

 

 

Os números da pesquisa indicam uma pequena retomada do setor supermercadista nas vendas e apontam, ainda, que os preços de produtos típicos de Natal e Ano-Novo estarão em média 0,9% superiores aos praticados nas festas do ano passado. Segundo os números do Instituto Segmento, cada gaúcho vai presentear em média 6 pessoas do seu convívio, oportunizando ao varejo a comercialização de produtos mais acessíveis. De acordo com a pesquisa, 90% dos supermercadistas ouvidos pelo Instituto Segmento vão fazer algum tipo de promoção no período de festas.

 

 

O estudo do Instituto Segmento mostra ainda que as famílias gaúchas vão gastar, em média, R$ 330,59 em alimentos para as festas. Os campeões de preferência nas datas festivas seguem, para os gaúchos, os mesmos: na ceia natalina, o produto apontado pelos gaúchos como aquele que não pode faltar é o peru/chester, enquanto no Réveillon é a lentilha.

 

 

 

Endividamento força compras a prazo

Ao contrário do ano passado, quando a maioria dos consumidores optaram por realizar as compras à vista, em 2018 as festas vão ter gaúchos comprando majoritariamente a prazo os itens de alimentação e presentes. "É um sinal inequívoco do endividamento das famílias que, ainda assim, não deixarão de comemorar o Natal e o Ano-Novo com entes queridos", destaca Longo.

 

 

Vagas temporárias

O Instituto Segmento apurou que 30% dos supermercadistas ouvidos farão contratações de temporários para o período de fim de ano - e 66% deles vão aumentar o número de colaboradores contratados. Ao todo, serão criadas 3,2 mil vagas de trabalho temporário no setor para o período de Natal, Ano-Novo e veraneio. "Cerca de 15% destes temporários deverão ser efetivados", sugere o presidente da Agas, lembrando que o segmento já emprega atualmente mais de 97 mil pessoas somente no Rio Grande do Sul.

 

 


Fonte: Folha do Noroeste
Postado por Rádio Nativa FM/ MFB

Link para voltar para a página anterior
Top 5
  • 01

    Mundo de Ilusões

    Gusttavo Lima

  • 02

    Amor Falso

    Wesley Safadão e Aldair Playboy

  • 03

    O Pedreiro

    Rainha Musical

  • 04

    Ocean

    Alok - Zeeba - Iro

  • 05

    Amor de Verdade

    MC Kekel e MC Rita

Aniversariantes

Previsão do Tempo

Cotação do Dia

14/11/2018 - Quarta-Feira
Soja
74,50
Milho
33,00
Trigo
38,00
Arroz
00,00

Enquete

Botão para ver o resultado da enquete

Agenda

    Nenhum evento encontrado.
Link para ver todas as agendas
Telefones: (55) 3748-1528 ou (55) 9918-6555
E-mail: contato@ervalseco.com
Š 2013 ErvalSeco.com - Todos os direitos reservados