Notícia

12/02/2020

Rodeio Bonito lidera ranking de abates de suínos pelo terceiro ano consecutivo

O município de Rodeio Bonito ocupa pelo terceiro ano consecutivo o primeiro lugar no ranking de abates de suínos do Rio Grande do Sul. No total, foram abatidos 240.831 suínos em 2019. Apesar de seguir líder, houve uma redução de 9,7% no número de animais abatidos em comparação com 2018. Já se comparado com 2017, foram 13,16% suínos a menos. Em segundo lugar no ranking segue Palmitinho, com 213.058 suínos abatidos, cerca de 1,6% a mais do que no ano anterior e 5,04% em relação aos números de 2017.
 
 
O levantamento foi divulgado pela Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs) e conta com dados de 320 municípios fornecidos pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Seção de Epidemiologia e Estatística (SEE), por meio das Guias de Trânsito Animal (GTA).
 
 
O documento também informa o peso médio de abate, que foi de 93,63 quilos, e a produção de carne suína no Rio Grande do Sul, que fechou o ano em 793.622 toneladas. As informações foram repassadas pelo Fundo Estadual de Sanidade Animal (Fundesa).
 
 
 
 
Os dez maiores
 
1º lugar – Rodeio Bonito (240.831)
 
2º lugar – Palmitinho (213.058)
 
3º lugar – Rondinha (191.284)
 
4º lugar – Nova Candelária (189.117)
 
5º lugar – Boa Vista do Buricá (178.129)
 
6º lugar – Três Passos (170.965)
 
7º lugar – Santo Cristo (167.837)
 
8º lugar – Aratiba (149.283)
 
9º lugar – Camargo (149.176)
 
10º lugar – Pinheirinho do Vale (133.865).
 
 
 
Abates no Estado
 
Na soma geral, foram abatidos 9.391.244 suínos no RS em 2019. Em 2018, esse número foi de 9.246.224, ou seja, um aumento de 1,5% de um ano para o outro. Dos 9 milhões de suínos produzidos no RS em 2019, estima-se que 1.463.234 animais são procedentes de granjas de produtores independentes. Desta produção, 402.757 suínos são vendidos para fora do Estado.
 
 
 
Maior abate por regiões
 
1º lugar – Vale do Taquari (19,18% – 1.801.176 suínos)
 
2º lugar – Fronteira Noroeste (13,08% – 1.228.131 suínos)
 
3º lugar – Médio Alto Uruguai (12,66% – 1.188.562 suínos)
 
4º lugar – Norte (9,27% – 870.243 suínos)
 
5º lugar – Celeiro (8,65% – 811.974 suínos)
 
 
 
Vendas interestaduais
 
Durante o ano de 2019, foram enviados do Rio Grande do Sul para outros Estados para abate, engorda, recria, reprodução e ou terminação a quantia de 1.074.807 suínos. A maior parte deles, ou seja, 67%, foi para Santa Catarina, seguido de Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Sergipe e Mato Grosso. Nestas vendas, 93,88% dos suínos vão para abate; 3,17% vão para engorda; 0,02% vão para recria; 0,39% vão para reprodução e 2,54% vão para terminação.
 
 
 
 
 
Fonte: O AU, com informações da Acsurs
Postado por Marcia Bauer/ Rádio Nativa FM

Link para voltar para a página anterior
Top 5
  • 01

    Alcoolizadamente

    Banda Porto do Som

  • 02

    "S" de Saudade

    Luiza e Maurílio part. Zé Neto e Cristiano

  • 03

    Volta por Baixo

    Henrique e Juliano

  • 04

    Pinga na Seringa

    Banda Danúbio Azul

  • 05

    Dance Monkey

    Tones And I

Aniversariantes

Previsão do Tempo

Cotação do Dia

22/05/2020 - Sexta-Feira
Soja
97,00
Milho
41,00
Trigo
52,00
Arroz
00,00

Enquete

Botão para ver o resultado da enquete

Agenda

    Nenhum evento encontrado.
Link para ver todas as agendas
Telefones: (55) 3748-1528 ou (55) 9918-6555
E-mail: contato@ervalseco.com
Š 2013 ErvalSeco.com - Todos os direitos reservados